terça-feira, 22 de dezembro de 2009

A saga de um Rubinense

Em Julho de 2009, na cidade de Rubim-Mg, houve a 2º conferencia municipal dos direitos da criança e do adolescente. Participaram várias pessoas importantes e influentes do município, além de alunos de diversas escolas do município, projovem adolescente, Peti, entre outras instituições. Sendo muito produtiva e organizada, esta conferência foi muito importante para o fortalecimento dos direitos da criança e do adolescente na cidade, previsto no ECA. No turno no da tarde houve uma escolha do delegado/adolescente para fazer a representação do município de Rubim, na conferencia estadual em Belo Horizonte, no mês de Outubro; Pela maioria dos votos dos componentes da plenária, o aluno da Escola Estadual Walmir Almeida Costa e, até então, também participante do Projovem adolescente, Kawan Dutra foi o escolhido a ser este representante.


No inicio do mês de Outubro, Carolina (presidente do CRAS), Érica (Assistente social), Glícia (conselheira Tutelar) e Kawan (delegado/adolescente) representaram a cidade de Rubim em Belo Horizonte na VII conferencia Estadual dos direitos da criança e do adolescente, que aconteceu no Mineirinho realizado pelo CEDCA. Esta conferencia tinha como meta desenvolver as diretrizes enviadas por cada município mineiro, sendo que as melhores seriam repassadas para a Conferência Nacional. Apesar de vários problemas nesta conferência, tais como filas intermináveis e chuvas torrenciais, tudo ocorreu muito bem. Como qualquer conferência, as mini plenárias foram importantíssimas para a consolidação das propostas, havendo uma participação ativa e destacante, desde já do delegado/adolescente rubinense, Kawan. No último dia de Conferencia, houve a escolha dos adolescentes que fariam parte da delegação mineira, cada região de Minas Gerais teria dois ou três escolhidos através do voto dos adolescentes de outras regiões de minas. A votação para a escolha dos delegados que representariam a região do vale do Jequitinhonha teve um grau de dificuldade maior, pois seriam apenas dois escolhidos e os candidatos seriam não apenas do vale do Jequi, mas do vale do Mucuri também. Ao final da votação, o adolescente da cidade de Rubim fora escolhido, com maior numero de votos, para ser o representante titular de nossa região, se credenciando para ir a Brasília participar da Conferencia Nacional.

http://madeinrubim.files.wordpress.com/2009/12/img_16121.jpg?w=237&h=337

Nos dias 7, 8, 9 e 10 de Dezembro, aconteceu a VIII Conferência nacional dos direitos da criança e do adolescente, em Brasília-DF no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, esta tinha como objetivo discutir e construir diretrizes da política e do plano decenal para o Estatuo da Criança e do adolescente (ECA), sendo realizados pelo Conselho Nacional dos direitos da Criança e do adolescente (CONANDA), Secretaria Especial dos Direitos Humanos e o Governo Federal. Entre os 20 adolescentes vindos de Minas Gerais, estava o rubinense Kawan. A participação deste jovem do baixo Vale do Jequitinhonha demonstra a força e capacidade de todo e qualquer cidadão, independente do lugar onde este reside, o importante é querermos fazer a diferença e buscarmos ideais de mudanças em nossa vida cotidiana, pois moramos em uma democracia, e este regime é regido pela vontade do povo.
http://madeinrubim.files.wordpress.com/2009/12/img_18891.jpg?w=474&h=363

No dia 20 de Dezembro houve o 1º Natal na Praça Central de Rubim-MG. Dentro deste evento houve uma homenagem simbólica à Kawan Queiroz Dutra por suas participações nas conferências Municipal, Estadual e Nacional. Isso é realmente muito gratificante pois, na antiguidade as pessoas eram apedrejadas e enforcadas em praça publica, e hoje ter um trabalho sendo reconhecido em praça publica é muito importante para desenvolvimento pessoal e para o servir como exemplo a outros:

http://madeinrubim.files.wordpress.com/2009/12/s6302235.jpg?w=493&h=375

“O importante não é aonde já chegamos, mas pra onde estamos indo” - esta é a frase que transmite o sentimento remanescente em Kawan Queiroz Dutra, em relação a estas experiências.
http://madeinrubim.files.wordpress.com/2009/12/img_16091.jpg?w=472&h=359

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Novo Blog

O Blog Made in Rubim está está parcialmente parado, pois criei um new blog com um novo design, novas postagens ainda mais interessantes, com mais interatividade, divulgação de eventos municipais e com uma URL muito mais fácil para se relembrar:

Só vou fazer a manutenção do Blog :)
Obrigado a todos que me acompanharam aqui !

http://mariposos.files.wordpress.com/2009/01/3575593-thumb.jpg?w=240&h=228



Posted by Picasa

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Amanhecer em Rubim MG

terça-feira, 10 de março de 2009

Pedra Bonita


A Pedra Bonita é muito grande e majestosa, mas o que mais me intriga nela, são as esculturas naturais nela contida:
Posted by Picasa

sábado, 7 de março de 2009

Mangueira de Histórias


Esta árvore situasse no extremo leste da cidade, na saída para Jacinto, logo após a ponte.
Esta árvore salvou várias vidas:
A alguns metros da mangueira tem-se o Rio Rubim das Pedras, em 1968 esta área era totalmente habitada, e houve um grande enchente, muitos se salvaram se segurando nesta árvore !
Nesta enchente, apenas uma idosa, que já tinha se salvado, morreu porque tentou salvar o gato que ficaste na casa. Quando a senhora entrou em sua casa para salvar o felino, a água cercou ela e a impossibilitou a sua saída, obrigando-a a subir no alto de sua moradia, que com a correnteza da água foi levada, levando também a óbitos tanto o gato como a senhora. Os restantes dos atingidos da enchente se salvaram antes da enchente tomar grandes proporções ou se segurando na mangueira no momento de turbulência.
<span class=

quinta-feira, 5 de março de 2009

Fauna de Rubim

   
Animais nativos em Rubim:

Tamanduá Bandeira

O tamanduá-bandeira, urso-formigueiro-gigante ou papa-formigas-gigante é um mamífero xenartro.
Possui coloração cinza acastanhada, com uma banda preta que se estende do peito até a metade do dorso, cauda comprida e peluda, focinho longo e cilíndrico, pés anteriores com três grandes garras e pés posteriores com cinco garras pequenas.
Alimenta-se de formigas e cupins, capturados pela língua comprida e aderente.
Capivara
Encontrada em áreas próximos a rios e lagos, a capivara é o maior roedor vegetariano do mundo. Alimenta-se de capins e ervas, comuns em várzeas e alagados, e pode chegar a pesar até 80 Kg.Ela pode permanecer submersa por alguns minutos. A capivara também é conhecida por dormir submersa com apenas o focinho fora d'água.
A capivara, como animal pastador, utiliza a água como refúgio, e não como fonte de alimentos, o que a torna muito tolerante à vida em ambientes alterados pelo homem.
É uma excelente nadadora, tendo inclusive pés com pequenas membranas. Ela se reproduz na água e a usa como defesa, escondendo-se de seus predadores.
Caititú
A pelagem é longa e áspera geralmente de tonalidade cinza mesclado de preto, com uma faixa de pêlos brancos ao redor do pescoço que dá o aspecto de um colar.
A espécie possui 38 dentes, sendo os caninos superiores os que mais se destacam. Diferentemente dos porcos verdadeiros, seus caninos são relativamente pequenos e com o crescimento reto e para baixo.
os hábitos alimentares dos caititus são determinados de acordo com a disponibilidade de alimento.twitter

quarta-feira, 4 de março de 2009

Fauna de Rubim (Parte 2)

   
Macaco Guigó
O Guigó ou Sauá é uma espécie de primata, endémica no Brasil.
A maioria dos macacos vive em países quentes, alimentando-se de frutas e sementes. São geralmente animais inteligentes, sociáveis

Tatu

O tatu é um mamífero da ordem Xenarthra, caracterizado pela armadura que cobre o corpo. Os tatus também são de grande importância ecológica, pois são capazes de alimentar-se de insetos contribuindo para um equilibrio de populações de formigas e insetos.
Obs.: Em Rubim há 4 subtipos de Tatu:
''Peba'' ( a foto acima), ''Preto'' (foto abaixo), ''rabo-de-sola'' e o ''3 pedaços''.

Quando estes animais são caçados pelo seu valor cinegético (caça para alimento) acaba por se desequilibrar o ecossistema pois se extermina um controlador natural de insectos, favorecendo o aumento destes invertebrados, resultando em problemas econômicos para a região.
Quando se protege de outros predadores, o tatu enrola-se, formando uma bola de armadura quase indestrutível. nem um atropelamento de um veículo consegue perfurar a espessa armadura que o cobre.

Coelho
  • Os coelhos não são roedors, são lagomorfos lagomorfos.
  • A altura máxima que um coelho consegue saltar é aproximadamente 6 metros.
  • Os coelhos roem de tudo para gastarem seus dentes, que não param de crescer. Osda frente dos coelhos são como os dos roedores, que crescem durante toda a vida, e um dos dentes é escuro. Para que eles fiquem do tamanho certo, os coelhos roem tudo, principalmente madeira.
  • Quando tratado, um coelho pode viver até 10 anos.
  • O tempo de gestação de coelho fêmea é de apenas 1 mês, tendo de 4 a 6 filhotes e amamentando entre 20 e 30 dias; 24h após o parto, entra novamente no cio.
  • Um coelho tem um raio de visão extremamente amplo. Podendo ver o ambiente que o rodeia atrás de si, sem mexer o pescoço.

Gambá
Os gambás podem reproduzi-se três vezes durante o ano, dando 10 a 20 filhotes em cada gestação, que dura 12 a 14 dias.
Os gambás são animais com 40 a 50 centímetros de comprimento, sem contar com a cauda que chega a medir 40 cm, com um corpo parecido com o rato, incluindo a cabeça alongada, mas com uma dentição poliprotodonte.

O gambá é o ator principal de muitos fatos e ditos populares da cultura brasileira. Um dos aspectos mais marcantes é o líquido fétido produzido pelas glândulas axilares, utilizado pelo animal como defesa. Na fase do cio, a a femêa costuma exalar este odor para atrair os machos. Outra estratégia para escapar dos perigos é o comportamento de fingir-se de morto até que o atacante desista. O gambá tem especial predileção por sangue, por isso é conhecido como sanguinário.

terça-feira, 3 de março de 2009

Fauna de Rubim (Parte 3)

   


Este felino grande e solitário tem a maior escala de distribuição do que qualquer outro mamífero selvagem no hemisfério ocidental. Uma espécie adaptável, o cougar é encontrado em qualquer região e tipo de habitat do novo mundo. É o segundo felino mais pesado do Novo Mundo, depois do Jaguar (onça pintada), e o quarto mais pesado do mundo, embora seja mais frequentemente relacionada aos pequenos felinos.


Mocó
http://2.bp.blogspot.com/_2ae6xTLKBJ8/Sa_81HccaQI/AAAAAAAADU8/wAHdL1SsabY/s400/moco1.jpg
O mocó é um roedor, encontrado em áreas pedregosas do leste do Brasil, pricipalmente do estado do ao estado de Minas Gerais. Tal roedor possui o tamanho pouco maior do que o de um Preá.Cauda ausente ou vestigial, e pelagem cinzenta.

Cutia (Cotia)

A cutia (também conhecida como cotia) é um mamífero roedor, de pequeno porte, medindo entre 49 e 64 cm. As cutias têm apenas vestígio de cauda, extremidades anteriores bem mais curtas que as posteriores, e pés compridos com cinco deods, sendo três desenvolvidos, com unhas cortantes equivalentes a pequenos cascos, e o quinto dedo muito reduzido.Herbívoros , as cutias se alimentam de sementes e frutos.

Bodes

O ambiente de vivência dos bodes são as montanhas, as pedras na cidade de Rubim, é um atrativo a eles. A alta altitude aliada aos pulmões desenvolvidos dos bodes e à grossa pelugem que os protege do frio permite a sobrevivência em um local protegido de qualquer tipo de predador.

Paca

http://tropicalhardwoods.com/htm/tree_owners_news/photos/19_fall_2004/paca.jpg
A paca é uma espécie de roedor. Só tem um filhote e geralmente uma única gestação por ano. Notívaga, alimenta-se de frutas ou raízes. Ela se caracteriza pelo seu pelame duro e eriçado, vermelho com manchas brancas. As pernas são fortes e terminam em grandes unhas afiadas. Ela possui quatro dedos nas patas dianteiras e cinco nas traseiras. Sua cauda é minúscula.

(ETC)

domingo, 1 de março de 2009

Tudo sobre o Rubim


   
Fundação 31 de Dezembro de 1943
Gentílico Rubinense
Localização 16° 22' 30" S 40° 32' 16" 0
Municípios limítrofes Almenara, Rio do Prado, Jacinto, Santo Antônio do Jacinto, Felisburgo e Jequitinhonha.
Distância até a capital 814 Km


Características geográficas Área 968,732 Km²
População9.845 hab. (IBGE 2008)
Densidade 9,1Hab./Km²
Altitude 900 metros
Clima: tropical
Fuso horário UTC-3
Indicadores IDH 0,625 médio
Pip per capita 3.521,00

Posted by Picasa